Início > Outros > OMS toma medidas frente a surto de Poliomielite no Tajiquistão

OMS toma medidas frente a surto de Poliomielite no Tajiquistão

Fonte: Jornal El Mundo

A Organização Mundial de Saúde encontra-se empenhada na luta contra um surto de poliomielite no Tajiquistão registado este mês, o que indica o reaparecimento desta doença na região europeia, de onde teria sido erradicada em 2002.

O Governo desta república ex-soviética informou a OMS, a princípios do mês, de um aumento brusco de casos de paralisia aguda em crianças, até 128, 10 das quais faleceram.

Após a mobilização da OMS, “confirmaram-se num laboratório de Moscovo sete casos de poliomielite”, segundo uma porta-voz do organismo internacional, em conferência de imprensa. “Estes são os primeiros casos de poliomielite na região europeia da OMS desde a sua erradicação em 2002”, acrescentou.

Foi enviada ao Tajiquistão uma equipa de três especialistas, onde vai ser lançada uma campanha de vacinação em grande escala. O país vizinho Uzbequistão também registou três casos de suspeita de paralisia infantil.

A representante da OMS referiu ainda que os casos de poliomielite confirmados foram importados do Afeganistão, Paquistão ou da Índia, os únicos países onde, juntamente com a Nigéria, esta patologia é, ainda, endémica. O último caso clinicamente confirmado de poliomielite no Tajiquistão foi registado em 1997, sendo que em 2008, 87% das crianças estavam já vacinadas.

Segundo a OMS, o vírus da poliomielite percorre com facilidade longas distâncias, pelo que regiões livres desta doença continuam em risco até que a transmissão seja travada nos poucos países onde é, ainda, endémica.

Este surto no Tajiquistão demonstra, ao organismo sanitário global, “a necessidade de se manter um alto nível de imunização até que a transmissão da poliomielite seja interrompida em todo o mundo”.

Mudança de estratégia:

As más notícias procedentes do Tajiquistão juntam-se aos reveses que sofreram nos últimos tempos os programas para combater esta patologia em África, onde esta doença está ainda longe de ser erradicada.

Segundo informa ‘The Wall Street Journal’, distintas organizações envolvidas na luta contra a poliomielite, entre as quais se encontra a própria OMS, Unicef, a Fundação Bill e Melinda Gates e os Centros de Controlo e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos, anunciarão proximamente uma importante mudança de estratégia.

A ideia é pôr em marcha iniciativas que permitam combater a doença de uma forma mais integral, ao invés de se centrar somente no tratamento frente ao vírus. Trata-se de melhorar as condições de higiene dos países afectados, aumentar o número de vacinações, proporcionar água limpa para beber e, finalmente, melhorar os sistemas sanitários dos países pobres.

Ver aqui gráfico interactivo sobre Poliomielite

Categorias:Outros
  1. Ainda sem comentários.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: